sábado

Gostaria de agradecer ao Dennis, do Caderno Mágico, pela simpática mensagem enviada em resposta a uma intervenção que fiz em seu blog . O assunto -- também comentado por aqui -- era a coletiva dada pelo publicitário Washington Olivetto, no último dia 7.

- - - - - -

Aliás , o artigo do Guilherme Fiuza no NO. -- cuja leitura indiquei aqui -- , já havia tido o feedback de pelo menos 30 outros atônitos cidadãos, na última vez em que passei pela seção de cartas.

Interessante verificar o sentimento de culpa manifesto por alguns leitores ao compararem o tom crítico de suas mensagens à gravidade da experiência vivida por Olivetto. Melindre compreensível , conforme reforça Fiuza em seu artigo, quando se considera que uma parcela respeitável de brasileiros mantinha-se apreensiva por causa do silêncio em torno do sequestro do publicitário.

Washington Olivetto, durante a longa entrevista não logrou estabelecer qualquer empatia com os espectadores que aguardavam o desenrolar bem-sucedido daquele episódio.

Se estivesse em seu juízo perfeito, o comunicólogo Olivetto talvez se lembrasse que superexposição e verborragia , quando combinadas , ganham potência suficiente para esvaziar qualquer apelo.

[Adriana Paiva ]


- - - - -


Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial