quarta-feira

Caio Fernando Abreu ( andei comentando por ) :


" O Caio nasceu em uma cidade do RS chamada Santiago , onde morei, mais ou menos, dos 2 aos 4 anos de idade -- e onde , por pouco, minha irmã teria nascido.

Meu primeiro contato com a obra dele deu-se, por volta dos 15 anos (cursava o 2º grau) , através de "Morangos Mofados" . Btw, para extrema preocupação de meus pais , que não conseguiam crer q um livro, na concepção deles , de "alto teor pornográfico" -- estávamos nos anos 80 -- , pudesse constar da bibliografia indicada a "inocentes" secundaristas . O fato é q constava :-)
Pouco depois , caiu-me nas mãos o "Triângulo das Águas" . É daí que extraio os seguintes trechos :

"( ... ) só o amor de alguns que o caos fez vir à tona e a solidão ainda maior de outros , pelo contraste do encontro alheio ( ... ) mas se por amor confundes e libertas o caos de tudo e de todos , por amor eu tento tocar mais fundo , procurando um vôo que não conseguiria jamais num amor menor ."

. . . . .

Págs 48/49 . In : "Dodecaedro" . Triângulo das Águas (Noturnos) . Ed. Nova Fronteira - 1982 .

. . . . .

Posted by Adriana Paiva at julho 12, 2003 05:39 AM



Marcadores: , ,

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial