terça-feira


Desrespeito

Fórmula para ganhar a antipatia de potenciais consumidores

A construção de uma loja da rede Carrefour pela OAS, aqui, na Rua Edson (Campo Belo, bairro nobre da zona sul de São Paulo), iniciada há alguns meses, alterou drasticamente a rotina dos moradores . Ontem, a situação passou dos limites . Eram 23:55, e a obra seguia, normalmente, como em pleno dia, trazendo todo o incômodo que se pode esperar de uma situação como essa: barulho ensurdecedor de máquinas de todo o tipo, caminhões se deslocando pela rua, vozerio de trabalhadores e por aí vai . Isso até uma moradora, no cume de sua indignação, resolver ligar para a polícia . Pouco depois da meia-noite, duas viaturas estacionavam no início da Rua Edson e àquela moradora vieram juntar-se outros três (apenas !) indignados, residentes em edifícios próximos -- eu , entre eles.
Um dos policiais sugeriu que se a situação voltasse a acontecer, que ligássemos, novamente, para o 190 . Vamos ver o que acontece hoje . São 22:46 e nada de peões e barulheira darem trégua .

Update

Carrefour na Rua Edson - Campo Belo, São Paulo

Ontem, não havia condições de iluminação para fazer o registro, mas hoje fiz, de uma das janelas do apartamento, para dar a dimensão do quão inoportuna essa proximidade pode tornar-se a altas horas da noite .

Carrefour na Rua Edson - Campo Belo, São Paulo

Reação : Faixa afixada a portão de prédio em frente à construção

Mais imagens aqui



Marcadores: , , ,

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial