quinta-feira

Oferendas


( Por Adriana Paiva )


BookCrossing & Atentado Poético



Hoje , quando o atentado ao "World Trade Center" , em Nova York , completa dois anos , pessoas de diferentes partes do planeta estão mobilizadas no que se poderia chamar o " Dia D " do "BookCrossing" .

Encampado por Ron Hornbaker e mantido com o apoio da empresa "Humankind Systems" , o movimento ganhou força a partir de uma idéia do escritor francês Emmanuel Lequeux -- fundador do grupo "Revolução Poética" .
Para Lequeux , a iniciativa -- apelidada de "atentado poético" -- seria uma espécie de contrapartida benevolente aos acontecimentos que abalaram o mundo em 11 de setembro de 2001 . Não basta , em seu entender , que aqueles episódios sejam lembrados com pesar . É preciso que se tenha e se dissemine a crença em dias melhores .
E por que não demonstrá-lo ofertando uma obra literária que nos tenha feito reavaliar os pontos-de-vista , transformando-nos de alguma maneira ?

Saia à rua , nesta quinta-feira , munido de um livro e o deixe em um parque , no Metrô , em uma rua movimentada de sua cidade , enfim , libere-o em um lugar público , para que seja encontrado por alguém como uma oferenda .


Para saber que rumo tomou o seu livro :


Entre no site do "BookCrossing" e registre o livro que pretende " liberar " .
Depois de preenchido o formulário -- com título da obra , nome do autor , etc. -- , você receberá um número BID ( BookCrossing ID Number ) correspondente à edição cadastrada . Este número deverá ser copiado na parte interna do livro , de maneira legível .

No caso de se desejar "personalizar" a doação , pode-se fazer o download de uma cartela de etiquetas ( em arquivo . PDF) , disponibilizada no próprio site . Imprima-a , destaque uma etiqueta , afixe-a à capa interna ou à folha de rosto do livro . Preencha os campos em branco com o número BID , seu nome e a data da doação .
O movimento continua após o "11 de setembro" . Cada usuário pode cadastrar o número de exemplares que desejar .



Marcadores: ,